Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rooibos

Apenas um blog pessoal... mais um...

Pensamentos soltos

26.05.17

O dia nasceu cinzento.

Não gosto de dias cinzentos, digo eu. Mas a verdade é que são os melhores dias para sair de casa. Não gosto de entrar num carro e ter a sensação que acabei de entrar num forno. Não gosto de abrir as janelas e só correr vento quente. Não gosto de sentir a pele a arder quando o sol quente me bate na cara.

Então também há pontos positivos nos dias cinzentos, eu é que não tinha percebido.

Ainda assim, continuo a achar que não gosto de dias cinzentos. Parece que a falta de sol também torna cinzento o meu espírito.

O dia nasceu cinzento.

Sinto-me um estranho no meu próprio mundo. Sinto-me perdido, ainda que esteja a passar pelas mesmas estradas de sempre. Sinto-me longe do que está perto de mim.

No meio disto tudo, as palavras são atiradas ao vento, que as faz rodopiar num redemoinho. Já não são pensadas; já não são medidas; são simplesmente lançadas. E elas voam pelo ar, sem rumo nem destino.

Há quem diga que eu vejo tudo cor-de-rosa. Não vejo. Sei que, neste mundo, nada é perfeito. Mas isso não pode ser desculpa para aceitar a imperfeição. Há que tentar melhorar, até onde conseguirmos chegar. E eu sinto que conseguimos chegar ainda mais longe.

O dia nasceu cinzento.

Mas eu acho que ainda o podemos tornar colorido, ainda que o sol teime em esconder-se por detrás das nuvens. Somos mais fortes que isso.

6 comentários

Comentar post