Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rooibos

Apenas um blog pessoal... mais um...

Quem dá as prendas de Natal?

05.12.17

Nunca me fez sentido contar a uma criança a história do Pai Natal. Sendo uma fantasia, isso acaba por levar uma desilusão, certo? Imagino que sim, pois nunca passei pela experiência quando era criança (também a mim nunca ninguém me contou esta história).

Além disso, dada a perspicácia do meu filho mais velho (o mais novo ainda não tem entendimento para isto), iria ser difícil explicar-lhe como é que a personagem desce pela chaminé. Na casa onde passamos o Natal até existe uma, mas, depois de a descer, fazia o quê? Batia no vidro do recuperador de calor para lhe abrirmos a porta?

Ainda assim, sempre é melhor do que se fosse na nossa casa, onde as chaminés que existem vão dar ao exaustor do fogão, ao esquentador ou ao ventilador da casa-de-banho.

Quanto a dizer que era o Menino Jesus que entregava as prendas, seguindo uma tradição ainda mais antiga, também está fora de questão. Somos uma família crente, portanto Jesus tem um outro papel, nada de confundir os assuntos.

E, desta forma, achei que a questão estava clara como água. Pelo menos para mim.

Um dia destes, o assunto surgiu em conversa entre a minha mulher e a minha sogra. A minha sogra insistia para que disséssemos que era o Pai Natal que trazia as prendas. A minha mulher dizia que não, que era preferível dizer que era o Menino Jesus.

Não me meti na conversa, porque entre mulher e sogra não se deve "meter a colher". Mas, numa tentativa de achar um ponto de equilíbrio, no final disse à minha mulher: "Cá para mim pode-se dizer que as prendas da avó são do Pai Natal. As nossas são nossas".

4 comentários

Comentar post